11 94545-7818

Seja bem vindo –

Matérias e Artigos

Emiliano Market Day: a feirinha mais charmosa de São Paulo

Época São Paulo
Por: Celso Masson
img-qualidade-vida-03.jpg

Figos, uvas e morangos graúdos: a barraca de frutas deu destaque às variedades orgânicas.

Pão de linhaça e suco de maçã recheado com pimentão assado, rúcula e chouriço serrano. Ricota, queijo fresco e meia cura feitos com o leite de vacas que só bebem água mineral e são medicadas com homeopatia. Frutas do Pará e morangos do tamanho de um caju.

Chocolate Valrhona com cacau da Bahia. Bife de Kobe, linguiça de cabrito, jamón ibérico.

E, para beber, água Voss, cerveja Karavelle, espumante Mumm… A manhã de domingo premiou com uma profusão de sabores marcantes quem esteve na segunda edição do Emiliano Market Day, na rua Oscar Freire.

As barraquinhas montadas no jardim do prédio em frente ao hotel de luxo ofereciam uma boa amostra dos cerca de 3.500 itens que integram os cardápios concebidos pelos chefs José Barattino e Arnor Porto (pâtissier) e as cartas de vinho elaboradas pelo sommelier Gianni Tartari, colunista de Época SÃO PAULO.

“Um dos objetivos desse encontro é apresentar uma parte dos nossos fornecedores à comunidade”, diz Gustavo Filgueiras, diretor-executivo e sócio do Emiliano.

“Dar essa visibilidade a quem nos abastece com itens de qualidade extraordinária é também uma forma de consolidar nosso papel na cadeia produtiva”, afirma Barattino, o chef que há sete anos comanda as panelas do restaurante do hotel e que, desde então, tem destacado o uso de ingredientes orgânicos e valorizado os pequenos produtores, estejam eles em Campinas ou em Lençois, na Chapada Diamantina. “O que buscamos é o sabor”, diz.

Além de poder provar uma boa variedade de produtos orgânicos dos fornecedores do hotel e dos itens importados que abastecem sua cozinha e adega, os visitantes puderam acompanhar as aulas práticas ali mesmo, numa sala montada ao lado da feirinha.

Numa delas, o chef pâtissier Arnor Porto, responsável pelos pães e doces que garantiram ao Emiliano o prêmio Época SÃO PAULO de melhor brunch da cidade, mostrou o passo a passo de um creme de chocolate branco com geleia de bacuri. Em outra aula, Gianni Tartari falou sobre champagnes. No encerramento, a cargo de Porto e Barattino, o tema foi a Páscoa.

Como em toda boa feira de rua, a do Emiliano não poderia deixar de oferecer um pastel frito na hora. Nesse caso, pela Dona Maria, que serve o pastel de feira mais premiado de São Paulo nos últimos anos.

Fonte: www.epocasaopaulo.globo.com

© Copyright 2012 – Antonio Mitne – Todos os direitos reservados

Telefone: 11 94545-7818
E-mail: contato@antoniomitne.com.br

Rua Santa Eudóxia, 287

Casa Verde – São Paulo